Vazio sanitário chega ao fim no dia 15 de setembro e abre temporada da soja em MS

Vazio sanitário chega ao fim no dia 15 de setembro e abre temporada da soja em MS

Postado em: 13 de setembro de 2019

Vazio sanitário chega ao fim no dia 15 de setembro e abre temporada da soja em MS

O vazio sanitário da soja termina no dia 15 de setembro e a partir do dia 16 o agricultor está autorizado a começar o plantio da safra 2019/20 em Mato Grosso do Sul. Durante esses três meses, o produtor esteve proibido de cultivar o grão sob risco de penalidades administrativas e esse período é importante para o controle da ferrugem asiática.

O vazio sanitário é uma medida fitossanitária crucial para evitar a expansão de focos de ferrugem asiática nas lavouras, sendo a doença de maior expressão da cultura da soja e que tem o maior poder de destruição nas lavouras.

Outro fato importante é que o produtor já pode realizar também o cadastramento de sua área de soja perante o Iagro, sendo que esse prazo já iniciou-se e se encerra em 10 de janeiro de 2020. Esse cadastramento deve ser realizado no site do Iagro (www.servicos.iagro.ms.gov.br/plantio) e o produtor que não tiver feito esse cadastro pode ser penalizado com multa de até 100 UFERMS, de acordo com a Lei Estadual n. 3333/2006.

“O cadastro de propriedades no Iagro é importante mecanismo para que o produtor mantenha seus dados atualizados perante o Estado e ajuda de forma efetiva no controle da ferrugem asiática. A Aprosoja destaca a importância de que o produtor se atente para fazer o correto preenchimento deste cadastro, que é gratuito, e que dá suporte para inúmeras ações da cadeia de soja e milho”, finaliza o diretor-executivo da Aprosoja/MS, Frederico Azevedo.

“A medida é protetiva. Precisamos saber quais propriedades estão plantando soja para monitorar e evitar grandes problemas com a sanidade vegetal”, reforçou o engenheiro agrônomo Filipe Portocarrero Petelinkar, Fiscal Estadual Agropecuário da Divisão de Defesa Sanitária Vegetal da Iagro.

A expectativa é de que nesta safra Mato Grosso do Sul tenha incremento na área cultivada com soja em relação à safra 18/19, considerando a expansão da área plantada com a leguminosa para áreas antes cultivadas com cana-de-açúcar e pastagens. Hoje, o Estado ocupa a 5ª posição no ranking nacional de produção de soja em grão e o 6º lugar em exportação, com participação de 7,5% na produção brasileira de soja na última safra, segundo a Aprosoja.

Por: Assessoria de Comunicação da Aprosoja e Semagro

Foto: Freepik