Vacinação contra aftosa imunizou 98,50% do rebanho em todo país

Vacinação contra aftosa imunizou 98,50% do rebanho em todo país

Postado em: 26 de fevereiro de 2019

Vacinação contra aftosa imunizou 98,50% do rebanho em todo país

A segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, realizada em novembro, imunizou 94,87 milhões de bovinos e búfalos no país, dos 96,31 milhões previstos, segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Com isso, a cobertura vacinal atingiu 98,50%. A maior parte dos estados vacinou animais com idade de até 24 meses. As exceções foram o Acre, Amapá, Espírito Santo e Paraná, que vacinaram animais de todas as idades, de acordo com dados informados pelo Departamento de Saúde Animal e Insumos Pecuários.

Em Mato Grosso do Sul, a cobertura vacinal foi de 98,91%, com 9.480.203 bovinos e bubalinos imunizados. O estado está dividido em três regiões sanitárias: Planalto, Pantanal e Zona de Fronteira, que possuem etapas de vacinação específicas. O Pantanal vacina uma vez ao ano, e as demais regiões, duas vezes ao ano. No total, são 21 milhões de cabeças de bovinos no estado.

Redução da dose

Na etapa de novembro de 2018 foi usada pela última vez a vacina de 5 ml. A partir deste ano, nas etapas de vacinação, nova dose de 2 ml bivalente (para dois tipos de vírus) será utilizada. Os produtores precisam estar atentos para usar a dose correta da vacina – 2 ml – para não haver sobredosagem no animal, que pode provocar caroços, edemas, inchaços e até abscesso, no caso eventual de contaminação.

As campanhas iniciarão em 15 de março no Amazonas, concentradas nos meses de maio (1ª etapa) e de novembro (2ª etapa) na maioria das unidades federativas, entre elas, Mato Grosso do Sul. Confira o calendário divulgado pelo Mapa:

       

Cuidados na vacinação

  • Compre as vacinas somente em lojas registradas.
  • Verifique se as vacinas estão na temperatura correta (2° C a 8° C).
  • Para transportá-las, use caixa térmica, coloque três partes de gelo para uma de vacina e lacre.
  • Mantenha a vacina no gelo até o momento da aplicação. Escolha a hora mais fresca do dia e reúna o gado. Mas lembre-se: só vacine bovinos e búfalos.
  • Durante a vacinação, mantenha a seringa e as vacinas na caixa térmica e use agulhas novas, adequadas e limpas. A higiene e a limpeza são fundamentais para a boa vacinação.
  • Agite o frasco antes de usar e aplique a dosagem certa em todos os animais: 2 ml.
  • O lugar correto de aplicação é a tábua do pescoço, podendo ser no músculo ou embaixo da pele. Aplique com calma.
  • Não esqueça de preencher a Declaração de Vacinação e entregá-la no Serviço Veterinário Oficial do seu Estado junto com a Nota Fiscal de compra das vacinas.

Com informações do Mapa

Foto: Denilson Secreta/Assessoria Governo de MS