Tempo seco deve provocar queda de produtividade da soja no PR e MS

Tempo seco deve provocar queda de produtividade da soja no PR e MS

Postado em: 17 de dezembro de 2018

Tempo seco deve provocar queda de produtividade da soja no PR e MS

Dados da consultoria AgRural apontam que o plantio da soja atingiu 98% da área plantada. A consultoria indica ainda queda de produtividade no Paraná e em Mato Grosso do Sul por conta do tempo seco e das altas temperaturas. As informações foram divulgadas pelo site Canal Rural.

O volume da safra deve ficar abaixo da expectativa inicial dos produtores dos dois estados. Há uma preocupação maior com o oeste do Paraná e o sul de Mato Grosso do Sul.

Agora, a expectativa é a confirmação da previsão de chuva para esta segunda quinzena de dezembro. Ainda conforme o Canal Rural, se essas chuvas vierem, as perdas serão menores do que se especula até o momento. No entanto, se as precipitações não se confirmarem, a produtividade será mais severamente afetada. As temperaturas também merecem atenção, já que tendem a continuar altas, especialmente em Mato Grosso do Sul.

O Rio Grande do Sul também enfrenta tempo mais seco e quente, mas como a maior parte de sua safra ainda está em desenvolvimento vegetativo, os efeitos não devem ser tão significativos.

Em outras partes do Brasil, as condições climáticas são favoráveis. Rio Grande do Sul, Maranhão, Tocantins, Piauí e Pará ainda estão na fase final do plantio. A estimativa para a próxima safra é de 121,4 milhões de toneladas de soja. Em alguns estados, como Mato Grosso, a expectativa é de início de colheita nas primeiras áreas cultivadas já nos próximos dias.

Com informações do site Canal Rural

Para acessar a reportagem completa, clique aqui

Crédito da foto: Projeto Soja Brasil