Sindicato discute as demandas da categoria com governo do Estado

Sindicato discute as demandas da categoria com governo do Estado

Postado em: 27 de maio de 2019

Sindicato discute as demandas da categoria com governo do Estado

Na última sexta-feira, 24 de maio, o Sigeasfi-MS esteve em reunião com representantes do governo do Estado para discutir o estudo e a aprovação de ajustes no Plano de Cargos e Carreiras dos servidores da Iagro. Participaram da reunião a presidente do Sigeasfi-MS, Líliam Kohler, os secretários Eduardo Riedel (SEGOV) e Roberto Hashioka (SAD), o  secretário adjunto Édio Viegas e a servidora Terezinha Arantes.

“Mais do que apenas salários, queremos garantir que os nossos servidores tenham seus direitos garantidos. Os principais pontos defendidos são: corrigir defasagem salarial, ajustes nas promoções, adicionais de fronteira, de capacitação e insalubridade através de alterações na Lei Estadual nº 4.196/2012, que dispõe sobre a Carreira de Fiscalização e Defesa Sanitária”, ressalta a presidente do Sigeasfi-MS, Líliam Kohler.

Segundo a presidente do Sigeasfi-MS, a equipe do Executivo se mostrou aberta às negociações e garantiu retorno em até 15 dias para início dos estudos.

“Diante desses novos desafios propostos por essa certificação de zona livre de aftosa sem vacinação a ser conquistada pelo Estado, o servidor precisa ser reconhecido e tem que ter atrativo e boa remuneração para continuar no quadro da Iagro. Para isso, é preciso corrigir a defasagem salarial dos profissionais que atuam na área de defesa sanitária. Até porque com o status sanitário de área livre de aftosa sem vacinação aumenta a dedicação e a importância desses servidores”, avalia Líliam.

Quanto à revisão geral anual, governo do Estado  sinalizou que, este ano, é “zero” e encaminhou à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 123/2019 que prorroga, para até 31 de maio de 2020, o prazo de concessão abono salarial aos servidores estaduais.

Mobilização

O Fórum convoca todos os servidores para 31 de maio, sexta-feira, o Dia de Mobilização Geral dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul. A iniciativa será precedida de assembleias e mobilizações de diversas categorias, que pretendem realizar um ato unificado pelo reajuste salarial digno e a incorporação do abono.

Por: Assessoria de Comunicação do Sigeasfi-MS