Produção recorde de soja deve garantir aumento de receita da agropecuária em MS em 2018

Produção recorde de soja deve garantir aumento de receita da agropecuária em MS em 2018

Postado em: 15 de agosto de 2018

Produção recorde de soja deve garantir aumento de receita da agropecuária em MS em 2018

A produção recorde de soja nesta safra deve garantir que agropecuária de Mato Grosso do Sul tenha aumento de receita em 2018 frente a 2017, isso porque os outros principais produtos do segmento no estado devem sofrer reduções no rendimento neste ano, segundo dados do Valor Bruto de Produção Agropecuária (VBP), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), divulgados nesta quarta-feira (15).

O VBP é um indicador da atividade calculado com base nos volumes de produção e preços médios da agricultura e pecuária do estado. Para conferir os dados do VBP do estado clique aqui!

Segundo o MAPA, da soja, milho e cana-de-açúcar, na agricultura, e da produção de bovinos, suínos e frangos, na pecuária, somente a da oleaginosa deve ter um incremento no VBP deste ano frente ao anterior. Juntas as seis atividades devem ser responsáveis por 94,74% do total da receita agropecuária do estado neste ano.

A receita com a produção de soja deve passar, de acordo o MAPA, de R$ 9,528 bilhões para RS 11,509 bilhões, na comparação das safras 2016/2017 e 2017/2018. Nesta temporada, os agricultores do estado colheram a maior safra da história de Mato Grosso do Sul, 9,584 milhões de toneladas, conforme dados do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (SIGA) da Associação dos Produtores da Oleaginosa (Aprosoja/MS) e Sistema Famasul. O incremento frente ao ciclo anterior foi de 12,31%.

Em contrapartida, a receita com as lavouras de milho deve encolher, em 3,79% no estado neste ano em comparação com o anterior, de R$ 3,657 bilhões para R$ 3,518 bilhões e com a cana-de-açúcar deve sofrer uma retração ainda maior, de 9,73%, de R$ 5,339 bilhões para R$ 4,819 bilhões.

Graças ao desempenho da soja, o VBP da agricultora sul-mato-grossense deve atingir em 2018, R$ 21,297 bilhões, 6,8% a mais que os R$ 19,938 bilhões de 2017. A agricultura, de acordo com os dados do MAPA, representa 67,14% da receita total da agropecuária do estado.

Os outros 32,85% vem da pecuária. No segmento, as principais atividades devem registrar este ano recuo no faturamento. Na criação de bovinos a retração deve ser de 1,36% frente ao ano passado, com o valor caindo de R$ 8,094 bilhões para R$ 7,984 bilhões.

Na produção de suínos a queda deve ser ainda maior, de 14,09%, de R$ 661,947 milhões para R$ 568,737 milhões e na de frangos de 6,14%, de R$ 1,761 bilhão para R$ 1,653 bilhão.

No total, o VBP do estado em 2018 deve atingir os R$ 31,720 bilhões, um aumento de 3,34%, o equivalente a R$ 1,025 bilhão, em relação ao de 2017, que foi de R$ 30,695 bilhões.

Fonte: G1/MS – Foto: PortalAgronotícias