Mato Grosso do Sul registra 12% de área colhida de milho

Mato Grosso do Sul registra 12% de área colhida de milho

Postado em: 21 de julho de 2017

Mato Grosso do Sul registra 12% de área colhida de milho

Até o momento Mato Grosso do Sul tem 12,6% da área de milho 2ª safra 2016/2017 colhida, segundo a Circular Técnica nº 218 do Siga MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio). O levantamento, divulgado no último dia 19 pela Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul), se refere a visitas realizadas na 2ª semana de julho pelos técnicos do projeto em propriedades rurais de todo o Estado.

Entre as regiões, o norte do Estado continua com porcentagem média de área colhida mais avançada: 18%. A região sul tem 14% e, a região centro, com 4,3% de área colhida.

No norte, destaca-se o município de Alcinópolis, com 45% da área colhida. Já ao sul de MS, as cidades de Aral Moreira e Douradina, ambas com 20% do milho colhido e, no centro do Estado, o município de Bandeirantes, com 8% da área colhida.

Colheita a todo vapor

Em relação à média de área colhida no Estado neste período, a colheita do milho 2ª safra 2016/2017 está apenas 2,2% inferior à média registrada no mesmo período da safra 2015/2016, para a data de 14 de julho.

Geada

No que diz respeito à geada registrada em alguns municípios do Estado na madrugada da terça e quarta-feira, dias 18 e 19, até o momento não foram contabilizados prejuízos às lavouras.

“Ainda é cedo para falar de perdas porque, devido ao fato do milho estar pronto para ser colhido, os impactos serão mínimos. Em todo caso, as equipes do Siga MS estarão no campo coletando informações sobre as consequências das geadas. Ao que tudo indica, as estimativas de produção da Aprosoja/MS não sofrerão alteração”, explica o analista de grãos do Sistema Famasul, Leonardo Carlotto.

Estimativas

Em comparação aos dados da safra anterior (2015/2016) estima-se até o momento aumento de 3,4% de área plantada, passando de 1,74 milhões de hectares para 1,80 milhões de hectares. Já em relação à produção do grão, verifica-se acréscimo de 50,5% (de 6,098 milhões de toneladas na safra 2015/2016, para 9,180 milhões de toneladas na safra 2016/2017) e, ainda, acréscimo de 45,5% de produtividade, com 85 sc/ha na 2ª safra de milho atual.

Fonte: Assessoria de Imprensa Aprosoja/MS – Foto: Divulgação