Iagro torna obrigatória vacinação nas regiões com ocorrência de raiva

Iagro torna obrigatória vacinação nas regiões com ocorrência de raiva

Postado em: 14 de novembro de 2016

Iagro torna obrigatória vacinação nas regiões com ocorrência de raiva

No último dia 9 de novembro, foi publicada no Diário Oficial a Portaria da Iagro nº 3565 que torna obrigatória a vacinação contra a raiva, em todos os herbívoros (bovídeos, equídeos e pequenos ruminantes), com idade igual ou superior a três meses, nas regiões com ocorrência de da doença.

Segundo a portaria, somente após o diagnóstico da doença ser confirmado por testes de laboratório uma propriedade será considerada foco da raiva. A partir deste foco será definido um perímetro com um raio de até 12 quilômetros, em que os animais das propriedades vizinhas que se enquadrarem nas determinações da portaria deverão ser vacinados.

De acordo com a determinação, os produtores que estiverem inseridos nesta área de segurança serão notificados sobre a obrigatoriedade da vacinação por técnicos da Iagro e deverão imunizar os seus animais em um prazo de até 30 dias.

Ainda conforme a portaria, o proprietário deverá notificar de imediato, ao Serviço Veterinário Oficial, a ocorrência ou a suspeita de casos de raiva em sua propriedade, assim como a presença de animais atacados por morcegos hematófagos ou a existência de abrigos de tal espécie. Mas independente de casos da doença, toda e qualquer propriedade rural poderá adquirir e vacinar seu rebanho contra raiva em qualquer período do ano.

De acordo com a portaria, essa obrigatoriedade tem por objetivo a manutenção dos baixos índices da doença na população de herbívoros domésticos, a fim de evitar prejuízos a pecuária estadual. A portaria entra em vigor a partir de 01 de janeiro de 2017.

Clique aqui e leia a PORTARIA/IAGRO/MS Nº 3565 DE 01 DE NOVEMBRO DE 2016.

Por: Assessoria de Comunicação do Sigeasfi (com informações G1)