Notícias

01/04/2020

Servidores da Iagro continuam trabalhando durante pandemia do coronavírus


Durante o período de pandemia, os servidores da Iagro continuam trabalhando para garantir a segurança alimentar e o funcionamento do setor agropecuário em Mato Grosso do Sul. Os trabalhadores também participam de ações específicas de combate à disseminação do coronavírus, como o controle sanitário nas divisas do Estado.

A maior parte dos servidores estão realizando suas atividades em regime de home office, principalmente os que são do grupo de risco, idosos e gestantes. Alguns setores da Iagro Central, bem como escritórios do interior, estão funcionando com quadro reduzido de servidores. Conforme portaria da Iagro, os atendimentos que necessitam ser presenciais deverão ter agendamento prévio, por meio do e-mail ou telefone do referido setor, com 24 horas de antecedência.

O setor de Transportes realiza atendimento presencial em tempo integral, para atender a demanda do órgão.

Em relação à preservação da saúde dos servidores neste período de pandemia, o diretor da Iagro, Daniel Ingold, viabilizou junto à Semagro 1.000 litros de álcool 70% líquido, que estão sendo distribuídos na Iagro Central e serão enviados aos escritórios do Interior pela Cruzeiro do Sul.

“Infelizmente, o órgão não tem condições de disponibilizar de máscaras para todos nesse momento. Alguns servidores estão confeccionando as próprias máscaras”, comenta a presidente do Sigeasfi-MS, Líliam Kohler.

Barreiras

Uma das medidas de combate à disseminação do coronavírus determinadas pelo Governo do Estado é o controle sanitário nas divisas de Mato Grosso do Sul, conforme recomendação da Secretaria de Estado de Saúde.

Os servidores da Iagro vão apoiar os serviços de fiscalização em 13 barreiras fiscais nas saídas do Estado, em conjunto com a SES (Secretaria de Estado de Saúde), a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça) e a Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção).

Conforme o decreto, as barreiras serão realizadas para verificação das condições de saúde, tais como, aferição da temperatura corporal de pessoas que ingressam ou que estejam em trânsito nos locais de barreira, para fins de adoção das providências relativas à quarentena e de outras medidas de saúde normativos estaduais.

A SES fornecerá material de proteção aos servidores que forem designados para essas barreiras. As escalas serão de 10 dias com pagamento de diárias estaduais, incluindo Plantões e Horas Extras nos finais de semana.

As escalas de servidores da Iagro estão sendo feitas pelos Regionais, com data de deslocamento já a partir desta quarta-feira, dia 1º de abril.

As primeiras barreiras serão realizadas em Bataguassu, Três Lagoas e Mundo Novo. As outras estão previstas para os dias 2 e 3 de abril.

A fiscalização acontecerá em postos fiscais, conforme segue: Posto Fiscal Ilha Grande, em Mundo Novo; Posto Fiscal XV de Novembro, em Bataguassu; Posto Fiscal Jupiá, em Três Lagoas; Posto Fiscal Itamarati, em Aparecida do Taboado; Posto Fiscal João André, em Brasilândia; Posto Fiscal Ofaié, em Anaurilândia; Posto Fiscal Foz do Amambai – Porto Camargo, em Naviraí; Posto fiscal Selvíria, em Selvíria; Posto Fiscal Alencastro, em Paranaíba; Base de Fiscalização Móvel Aporé, em Cassilândia; Base de Fiscalização Móvel Campo Bom, em Chapadão do Sul; Posto Fiscal de Sonora, em Sonora; e na Base de Fiscalização Móvel, no município de Costa Rica.

Controle sanitário no Ceasa/MS

Desde segunda-feira (30), os servidores da Iagro também realizam o controle sanitário na entrada de caminhões e demais veículos que chegam diariamente na Ceasa/MS (Central de Abastecimento de Mato Grosso do Sul). O local recebe em média 120 caminhões por dia, entre fornecedores vindos de outros estados e distribuidores.

Os servidores da Iagro fazem a abordagem dos motoristas e a desinfecção externa dos caminhões que chegam ao local vindos do interior de Mato Grosso do Sul e de outros Estados, principalmente de SP, MG e PR. A ação acontece no período das 24h às 4h da manhã.

No período de 31 de março a 1º de abril, foram desinfectados 23 caminhões com cargas de produtos vegetais, totalizando 157 toneladas inspecionadas. Dos produtos vegetais destacam-se frutíferas: banana, citros e uva.

Por: Assessoria de Comunicação do Sigeasfi-MS


NOSSO ENDEREÇO

Rua Elpidio Espindola, 362
79081-716 - Jardim das Nações
Campo Grande - MS

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Segunda a sexta das 07:30 as 11:00 das 13:30 as 17:00

© 2020 - SIGEASFI-MS.